segunda-feira, 30 de maio de 2011

*Vitamina B1 (Tiamina) - muito importante

Na década de 30, a tiamina foi descoberta e estruturalmente analisada, desta forma foi possível identificar sua função como cocarboxilase. Ela age permitindo que  os hidratos de carbono  sejam transformados em energia.
A tiamina participa em sua forma ativa de reações de descarboxilases e transferases exercendo função de coenzima. A tiamina é denominada tiamina pirofosfato ( TPP)em sua forma ativa.
A tiamina pirofosfato(TPP) atua orientada por  Mg2+ na transferência ativa de aldeído , sendo utilizada dessa forma  na descarboxilação oxidativa do piruvato e do α-cetoglutarato.
A descarboxilação oxidativa do piruvato  ocorre logo após a degradação de uma molécula de glicose em duas moléculas de piruvato, desta forma faz-se necessário que o piruvato se transforme em acetilCoA para que o ciclo de Krebs ocorra com quantidades corretas de oxalacetato .
Na descarboxilação oxidativa  do α-cetoglutarato o composto é transformado em succinil-CoA participando do ciclo de Krebs.


Outra forma ativa da tiamina é a tiamina trifosfato (TTP) que também é coenzima, porém ela age na transmissão do impulso nervoso. A TTP se localiza nas membranas periféricas dos neurônios, sendo importante na biossíntese de acetillcolina e no controle da condutância do sódio pelas membranas axonais.
É necessária a ingestão equilibrada leveduras, de carne de porco magra e legumes, sendo também  os grãos de cereais integrais de boa qualidade para manutenção da quantidade de tiamina no corpo. A deficiência de tiamina na alimentação leva a distúrbios neurológicos (beribéri), fadiga, depressão, anorexia e retardo no crescimento.
Beribéri
Entre 2006 e 2007 foi observada uma epidemia de beribéri no estado do Maranhão, no Brasil. A doença beribéri se caracteriza como fraqueza extrema.
O beribéri é uma doença em que pode ocorrer inflamação de um grupo de nervos periféricos (polineurite), o que leva atrofias musculares, dormência, formigamento e cãibras principalmente nos membros inferiores.Alem disso a doença pode trazer retenção de liquido e possível inchaço o que dificulta a circulação sanguínea .

Bibliografia
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2008000600001&lang=pt                             Acessado em 24/05/2011
www.ufpel.edu.br/iqg/db/.../Vitaminas%20e%20Coenzimas.pdf Acessado em 10/05/2011
Acessado em 25/05/2011

SHILS, M.E.Tiamina. In: Tratado de nutrição moderna na saúde e na doença - 9 ed. São Paulo: Editora Manole.
 TIRAPEGUI, JULIO.Vitaminas, cap. 06. In: Nutrição Fundamentos e aspectos atuais - 2 ed. - São Paulo: Editora Atheneu, 2006.
Postado por: Jordanna Santos Monteiro





Um comentário: